Site 100% Gratuito!
Maximize as possibilidades
Simples! Digite assunto ou uma empresa...



07 motivos para trocar de emprego

Quarta-Feira, 12 de Dezembro de 2018

Recomeçar do zero um plano de carreia em outra empresa não é uma má ideia quando o motivo é maior que a motivação. Confira o artigo.






É comum encontramos um emprego com o qual nos identificamos no começo, mas que, com o passar do tempo, pode tornar-se uma dor de cabeça diária para o funcionário, que ficará cada vez mais desmotivado, prejudicando à si mesmo e também à empresa.
Nunca sabemos ao certo quando é o momento de procurarmos por outro trabalho, é uma escolha de demanda uma reflexão profunda a respeito de vantagens e desvantagem de uma mudança.
É preciso analisar todo um mercado de trabalho, bem como as possibilidades de conseguir reverter a atual situação em um serviço, caso isso seja mais vantajoso.
E para, te ajudar a saber como tomar essa difícil decisão, vamos listar aqui 07 Motivos Para Trocar de Emprego.

Desmotivação

Um dos principais motivos para se deixar o emprego atual á a falta de motivação no desempenho das atividades. É comum aceitarmos um trabalho com o qual não nos identificamos e, devido à isso, não encontrarmos mais tantos motivos para continuar lá.
Funcionário que não fazem o que gostam tem grandes chances de não se destacaram no mercado de trabalho, por isso, procure conciliar sua necessidade com seus gostos. No caso de já estar trabalhando em algum serviço, procure por oportunidades que lhe agradem antes de tomar a decisão de se demitir.

Baixa remuneração

Outro grande fator determinante para uma mudança de empresa é a remuneração que recebemos. Ao começarmos em um novo emprego geralmente não recebemos um grande salário, isso é normal.
Contudo, com o passar dos anos, muitas empresas deixam de se atentar à importância que o funcionário tem para ela, não o remunerando como merecia. Isso, além de demonstrar uma falta de comprometimento da empresa, pode acabar desmotivando você a um ponto em que já não faz tanto sentido continuar na instituição. A remuneração baixa irá pesar no dia a dia, pois muitos são os gastos que temos para sanar, os quais não deixam de aumentar com o tempo.

Falta de consideração e reconhecimento

Em alguns casos podemos sentir que não estamos sendo respeitado na empresa em que atuamos, e quando um profissional sente que não está sendo reconhecido dentro da instituição, fica cada vez mais complicada desempenhar suas atividades.
Ter suas ideias desvalorizadas e não ser reconhecido por ações importantes significa um bom momento para repensar a carreira e seguir para algo mais gratificante, pois a situação em que sua auto-estima está baixando pode acarretar problemas sérios.

Perda de respeito com relação ao chefe

Um mau relacionamento com o seu superior hierárquico pode levar à um desgaste com o emprego atual. É extremamente danoso para sua carreira acabar recebendo ordem diariamente de alguém que não possui respeito e consideração por você como profissional.
A falta de respeito com relação ao chefe por ocorrer por diversos fatores, dentre eles não concordar com suas ações, considerando-o antiético, pouco profissional ou mesmo que não demonstre capacidade de gestão e liderança dentro da empresa.

Falta de perspectiva

É algo que soa de uma forma genérica, mas é relevante que você acredite no futuro da empresa, e naquilo que ela pode desenvolver e fazer no futuro, afinal ninguém quer ficar em uma empresa que tem certeza que não dará certo.
Muitas são as instituições que não ofereçam um plano de carreira que não dão seguridade ao contratado, os quais dificilmente serão colocados em prática. Isso, além de demonstrar uma falta de comprometimento enorme da empresa, é um sinal de que você deve pular do barco antes que ele afunde com você dentro.

Uma proposta melhor surgiu

Às vezes, antes mesmo de pedirmos demissão do atual emprego, algumas oportunidades e proposta podem surgir. E se não estamos bem em uma empresa, nos encontrando em um ambiente que nos impeça de evoluir como profissionais, o ideal e analisar bem a nova oportunidade e se elas nos proporcionaram um salto na carreira.
Propostas únicas podem mexer com o funcionário, fazendo-o repensar se ainda vale a pena continuar na atual organização, e se esta proposta estiver alinhada com seu sonho pode ser melhor ainda. Então aproveite as chances únicas, não deixando-a passar por estar indeciso.

Falta de condições para trabalho

Um grande expoente que determina a saída de muitos funcionários é a falta de condições mínimas para o desempenho das atividades profissionais. Uma empresa que não oferece um ambiente ergonômico não se preocupa com o bem estar de seus funcionários denota uma grande despreocupação com aqueles que compõem seu quadro funcional.

Esta não é uma lista definitiva, existem diversos outros motivos determinantes para que você saia de uma empresa, ou mesmo para continuar nela. Muitas vezes a dificuldade em sustentar a família, ou mesmo algumas contas à pagar podem nos fazer desistir da ideia de sair da empresa.
Por isso é necessário pensar e planejar toda a sua saída da empresa, mesmo com todos os motivos suficientes para que você decida por uma saída.
Da mesma forma há situações em que se torna insuportável continuar na empresa, são fatos como uma humilhação praticada por alguém da empresa, prática de assédio, moral ou sexual, ou qualquer outra forma de agressão ou exploração certamente são motivos para sair imediatamente da empresa.
Portanto, a recomendação é que você estabeleça suas razões, veja se o atual momento da empresa lhe fornece possibilidade de crescimento futuro, os mesmo se seus sonhos estão mais próximos de se realizar dentro dela, o importante é que você se sinta feliz e faça aquilo que goste, para que, dessa forma o crescimento da sua carreira acontecerá de forma continua e consistente.



O jobbol não efetua seleções e recrutamentos, apenas disponibiliza as informações em caráter informativo.

Compartilhe esta oportunidade:
whatsapp
facebook
linkedin
twitter
google-plus
Link:
https://www.jobbol.com.br/blog/dicas/2018/07/05/07-motivos-para-trocar-de-emprego